Como se tornar um Líder Empreendedor de Sucesso?

terça-feira, 17 de abril de 2018
Compartilhar:



17/04/2018
Como se tornar um Líder Empreendedor de Sucesso?

Saiba como tornar-se um Líder Empreendedor de Sucesso com 14 dicas infalíveis para você e sua equipe!

Por Rafael de Souza

Líder nasce pronto ou pode se desenvolver? Existe similaridade entre empreendedor e líder? Quais são os segredos de líderes empreendedores para ter sucesso nos negócios?

É inegável que algumas pessoas, devido a genética, a forma que foram educadas pelas suas famílias e devido suas experiências de vida estão mais predispostas a serem líderes. Geralmente são pessoas carismáticas, com o dom da oratória e com autoestima elevada, porém, isto não quer dizer que ser líder é apenas um dom, pode-se sim desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes de um líder.

As características de líderes e empreendedores de sucesso muitas vezes podem se confundir, afinal nas duas situações é necessário ser uma pessoa ímpar, um ponto fora da curva, acima da média e com grande vontade de fazer acontecer. Seu sucesso depende muito de você mesmo para concretizar sonhos, objetivos e metas, mas, também, de muitas outras pessoas nesta jornada (família, amigos, parceiros, colaboradores da sua empresa, etc), talvez este seja o principal ponto de intersecção de similaridade entre líder e empreendedor.

Um dos principais segredos dos líderes empreendedores de sucesso é ter plena consciência de que não devem apenas inspirar confiança para conquistar seguidores, eles sabem que devem inspirar e dar o suporte necessário para que cada pessoa em seu entorno confie em si mesma para se superar e ser melhor a cada dia. Conheça agora 14 segredos de Líderes Empreendedores de sucesso.

1. Autoconhecimento: é importante ter plena consciência de seus conhecimentos, habilidades, atitudes e características de personalidade para, desta forma, saber navegar entre os diversos estilos de liderança (autocrática, democrática e liberal) exigidos de acordo com a situação no dia a dia da gestão do seu negócio.

2. Conheça sua equipe: com base em seu autoconhecimento e nos objetivos da empresa, você deve identificar o perfil da equipe que venha cobrir as lacunas de habilidades e características que você não tem e que são essenciais para o sucesso do negócio. O sucesso da equipe dependerá também de você conhecer a fundo o perfil de cada membro dela para adaptar a linguagem (procure ouvir mais do que falar), saiba adaptar o estilo de liderança e estímulos de motivação de acordo com o perfil de cada um.

3. Estimule o autoconhecimento da equipe: promova reuniões, dinâmicas e desafios que permitam que os membros da equipe se conheçam mais, até mesmo em relação a hobbies, sonhos, motivações, qualidades e pontos a melhorar. Isto ajudará promover a empatia e a sinergia entre os membros da equipe, aumentará o grau de confiança entre eles, abrindo espaço para uma comunicação mais objetiva, além de facilitar a identificação do uso do perfil adequado de cada um para cada tarefa.

4. Mediar conflitos: alinhar o modelo mental e o estilo de trabalho entre as diversas gerações é um grande desafio atualmente, então saiba identificar e mesclar as características de cada geração a favor da empresa. As gerações Y e Z (nascidas a partir de 1980), por exemplo, buscam prazer no trabalho, para eles tudo pode estar junto e misturado (conectado) e por isto fazem várias coisas ao mesmo tempo, querem estar envolvidos nas decisões e construção de processos, cargos e hierarquias perdem força mas possuem grandes aspirações, buscam rápido crescimento profissional e ficam desmotivados facilmente quando o trabalho entra na rotina.

5. Pratique uma comunicação clara e eficaz: uma das principais causas de desmotivação no ambiente de trabalho atual é o problema de relacionamento causado pela falta de diálogo, então torna-se imperativo que você pratique e estimule em sua empresa o uso de uma comunicação clara e eficaz, além da realização de feedbacks construtivos entre todos. Faça reuniões periódicas na empresa e fomente que seus líderes e liderados façam o mesmo, desta forma é possível reduzir os ruídos de comunicação.

6. Crie um propósito com a equipe: é importante que você construa um propósito com a participação de todos, algo que simbolize as principais qualidades e motivações da equipe, alinhadas com as estratégias e objetivos da empresa, podendo ser feito isto por meio de dinâmicas de grupo. Este propósito dará significado a realização das tarefas, ele deve ser soberano ao interesse individual de cada membro da equipe, podendo ser algo assinado por todos no intuito de gerar compromisso.

7. Construa um bom plano de ação: elabore com sua equipe um bom plano de ação para alcançar os objetivos e metas da empresa, coloque as pessoas certas no lugar certo, tenha claro o que fazer, porque fazer, responsáveis, prazos, como fazer e orçamento, além de construir planos de ação alternativos (B, C, D, etc).

8. Monitore e corrija o que for necessário: execute o que foi planejado, monitore periodicamente (por hora, dia, semana, mês, etc), compartilhe os resultados com a equipe, peça sugestões de melhoria e divida erros e acertos, corrija o plano sempre que necessário, afinal planejamento é algo que se faz a lápis.

9. Defina papéis e responsabilidades: para que tudo ocorra conforme planejado é importante definir papéis e responsabilidades de cada um, nada pode ficar sem um responsável e, quando tiver mais de um responsável por algo, não dê espaço para aquela velha história que diz que cachorro com mais de um dono morre de fome. Deixe claro para todos que ser responsável por algo não quer dizer que deve fazer tudo sozinho, muitas tarefas exigem mais de um conhecimento, habilidade e atitude, sendo importante neste momento ter uma equipe multidisciplinar para fazer a diferença.

10. Delegar e não “delargar”: você até pode ter responsáveis para cada processo na empresa, porém você é o principal responsável enquanto dono da empresa para verificar se todos entenderam suas atribuições, além de monitorar resultados e definir prioridades, principalmente quando surgir algo fora do planejado.

11. Dê feedback: é seu dever promover periodicamente o feedback com a equipe e com cada colaborador, todos esperam isto de você e fique alerta que o principal fator de desmotivação atual é a falta de reconhecimento. Valorize a farta e não a falta, elogie em público e corrija em particular, desafie-os a se superarem, elabore um plano de ação conjunto com cada colaborador para se desenvolverem e utilize isto como estímulo à motivação.

12. Seja um exemplo a ser seguido: não basta apenas exigir um comportamento agregador, de empatia e sinergia entre a equipe se você não fizer parte deste elo, lidere pelo exemplo, coloque a mão na massa quando necessário. Demonstre na prática que missão, visão e valores da empresa não são apenas frases em um quadro.

13. Não fique arrogante ou se acomode: o líder empreendedor tem todas as características do líder convencional, porém ele detém uma forma especial de enxergar o mundo, administrar o negócio e gerir as pessoas. Ele se destaca por seguir a mão contrária, é inquieto e insatisfeito com resultados comuns ou medianos, é competitivo, tem garra e uma forte vontade de ganhar, por isto não se acomoda jamais e busca conhecimento e desenvolvimento contínuo.

14. Gestão humanizada: pessoas não são recursos como máquinas e equipamentos, são seres humanos com motivações distintas, cada qual com seu histórico de vida pessoal e profissional, que cedem seu tempo para a empresa não somente para ter um salário. Elas buscam ser acolhidas, respeitadas, reconhecidas e tratadas como seres humanos, como, por exemplo, quando se ausentam um dia para levar o filho no médico por algo inesperado, esperam que no dia seguinte o seu líder pergunte se ele melhorou.

Não posso lhe garantir que somente estas 14 dicas garantirão o sucesso para se tornar um líder empreendedor, mas posso assegurar que elas são essenciais para o seu desenvolvimento tanto como líder quanto como empreendedor, sendo este desenvolvimento essencial para o sucesso do seu negócio. Talvez, você tenha percebido ao ler este artigo que terá que mudar algumas coisas para se tornar um líder empreendedor, mas, não se preocupe, a única coisa a constância em nossas vidas é a mudança, então que seja sempre para melhor.

Link: http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/como-se-tornar-um-lider-empreendedor-de-sucesso/110145/

Fonte: Endeavor

As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma.






Logo
Sindicato dos Contabilistas do Município do Rio de Janeiro
Rua Buenos Aires, 283 - 2ºandar
Cep: 20061-003 Centro - Rio de Janeiro/RJ
Fone: (21) 2224-2281
E-mail: sindicont-rio@sindicont-rio.org.br
Filiado a:




Gestão 2014 - 2018 | SINDICONT-Rio. Todos os Direitos Reservados Grupo Octagon